O Tempo

11/01/2015 por Ofélia Jesus

O Tempo
É simples, o dia tem 24 horas.
Para muitas pessoas o tempo é fonte de ansiedade, nervosismo, obsessão chegandopor vezes a depressão.
Baseada na minha vivência, e no relato de alunos e amigos, deixo-vos esta leitura.

Desde que nascemos até à idade em que nos tornamos independentes, temos uma noção alargada de Tempo. Simplesmente há Tempo.

É certo que as novas gerações são bombardeadas mais cedo com o Fantasma do Tempo, isto deve-se
a muitas atividades extra curriculares, o facto de os pais terem um ritmo hoje em dia mais acelerado, a vantagem é que elas tem um mecanismo de desligar

Recordo-me das tardes de sol a ouvir Rod Stewart e a ler a colecção A volta ao mundo por dois aventureiros. (Colecção antiga de 1957, que ainda hoje guardo religiosamente, devo a essas leituras a vontade sempre presente de viajar conhecer lugares, pessoas e culturas ).
A memória que tenho ao recordar esse momento e outros semelhantes, de tardes na praia a jogar com as primas ou brincadeiras na rua apanhada e escondidas ou dias na lavoura com os meus avós maternos vem sempre acompanhada de tranquilidade e quietude.

Chega o dia em que saímos da casa dos pais, começamos a trabalhar, ter dinheiro próprio, uma casa, uma família. Esta mudança trás a fatura da responsabilidade.

Aqui uma grande maioria passa a usar a expressão “Não tenho tempo”.
Desengane-se o tempo é o mesmo.
É simples o dia tem 24 horas.

Eu deixei que o Fantasma do Tempo assombrasse os meus dias, sem perceber que era em mim que estava a solução.

O Yoga, a meditação e a vontade de autoconhecimento permitiu que o Fantasma do Tempo se tornasse um Mestre para mim.

Fui aprendendo a não correr atrás do tempo, manter a calma o coração tranquilo e a aproveitar os momentos, mesmo os que estou atrasada para …

O Tempo continua ao meu lado, caminhamos juntos, por vezes quer impor-se e volta a bater na minha porta, cabe-me a mim a resolução de dizer
- Olá Sr. Tempo, bem sabe que a mim já não me assombra :-)

Nós somos consciência e plenitude. Tome a resolução Viva plenamente cada momento “Aqui e Agora” .

blog comments powered by Disqus
Kundaliní - Centro de Yoga © 2017